Colunistas  

   

Institucional  

   

Publicidade  

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auto Escola Vitória
   

Sérgio Oliveira

sergio oliveira

 

O Nogueirão e o Ginásio Poliesportivo. O esporte, desde que não seja útil em um período eleitoral, parece não fazer parte do programa de governo na Prefeitura de Mossoró. Na administração anterior tivemos o sepultamento inexplicável dos Jogos Escolares, e agora estão esquecidos, praticamente às traças, dois patrimônios importantes para o desporto mossoroense e do Rio Grande do Norte, leia-se, estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira – O Nogueirão, e o Ginásio Poliesportivo Pedro Ciarlini. Como perguntar não paga imposto, eu indago: qual o real motivo de tanto desprezo pelo esporte na terra do Mossoró Cidade Junina?
...............................................
Filho abandonado. Durante participação no programa "Azougue Esportivo" da TV Metropolitano, o empresário Jorge do Rosário, ex-presidente do Potiguar, soltou uma frase merecedora de registro. Durante discussão sobre a situação do estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira, novamente interditado e sem nenhum futuro promissor em discussão, disse o seguinte: "O Nogueirão é um filho abandonado". Ele foi direto e feliz em sua colocação. O tempo passou, desde a primeira interdição em 2004, e praticamente nada foi feito no sentido de resolver de uma vez por todas as exigências para que o estádio seja reaberto por completo. O Nogueirão é sim um filho abandonado que ainda pode ser recuperado.
...............................................
Jogando no Junco. Enquanto se discute a questão do Nogueirão, o Potiguar pega a estrada e vai direto para a cidade de Sobral no Ceará. Neste domingo, 28, enfrenta o Guarany no Estádio do Junco, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, primeira fase. Em um ambiente de incertezas, o alvirrubro poderá promover a estreia de 9 jogadores. Contratados nos últimos dias, todos já foram regularizados e ficam à disposição do treinador. Depois de empatar na estreia, o "Time Macho" corre atrás da primeira vitória.
...............................................
A bola pesada. O professor Onesimar segue firme na organização do Campeonato de Futsal dos Comerciários, em Mossoró. Mais uma fase foi concluída com jogos sempre no período da noite e nos próximos dias sairá a tabela da sequência da competição que vai afunilando, ficando os melhores e, consequentemente, bons jogos pela frente.
...............................................
Derrotado, porém classificado. Fim de mais uma fase da Taça Libertadores e lá vai o Botafogo-RJ subindo a ladeira. Sem fazer grande investimento, o time vem dando certo e, de quebra, ainda terminou como primeiro colocado do seu grupo, apesar da derrota na última rodada, 1 a 0, para o Estudiantes da Argentina. Agora é acompanhar e saber até onde vai essa história, por enquanto a torcida do Fogão é só festa.
...............................................
O péssimo exemplo. Não é o melhor dos jogadores, ficando no grau do esforçado, mas é útil no sistema tático do Palmeiras. Estou falando do complicado Felipe Melo. Exatamente por isso, ele se torna um péssimo exemplo. Fala besteira além da conta e, jogando violento, com a máscara de jogador duro, porém na bola. Nada disso, seu destempero é tanto que até mesmo em um treino ele entra em luta corporal com um membro da comissão técnica, o preparador físico Omar Feitosa. A informação oficial fala em discussão áspera, porém já existem rumores que foi mais além. Os dois foram punidos com multa. O problema é que não acabou, pois ele vai continuar fazendo confusão e, isso não é bom para o ambiente palmeirense.
...............................................
Confrontar fiscalização. Para colocar um fim na discussão sobre as razões do Corpo de Bombeiros de ser exigente com o estádio Nogueirão, o ex-presidente do Potiguar Jorge do Rosário propôs a criação de uma equipe de engenheiros independentes para uma perícia idêntica ao que já vem sendo feito. Ao final, faz-se o confronto entre os dois levantamentos para saber o que é real ou exagero e, enfim, o que já foi feito para viabilizar a reabertura ou não da praça esportiva. A ideia é boa, afinal, não podemos nos basear apenas em uma versão como verdadeira, é sempre bom confrontar pensamentos e levantamentos técnicos.
...............................................
Uma comissão. Diante da proposta de um parecer de um grupo de engenheiros sobre a situação do Nogueirão, o publicitário e radialista Caby da Costa Lima propôs a formação de uma comissão, incluindo membros da crônica esportiva mossoroense, para, com esse documento, procurar o comando do Corpo de Bombeiros. A proposta foi acatada e, nos bastidores, esse trabalho já vem sendo traçado em favor do estádio Leonardo Nogueira. É hora de resolver, passou o tempo das discussões.
...............................................
O silêncio. O mês de maio começou com uma bomba no futebol do Rio Grande do Norte, apesar da pouca repercussão. Presidente do Globo, Marconi Barreto fez duras acusações contra o presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), José Vanildo, falando de tentativa de suborno a jogadores oferecendo R$ 1.000,00 por atleta, para vencer um jogo contra o América-RN. O tempo passou, o assunto vai ficando no esquecimento, porém ficam as dúvidas do que realmente aconteceu. Alô Ministério Público, é hora de investigar o que acontece no futebol potiguar, nos bastidores. Tem algum fundo de verdade ou foram acusações levianas? Eis a questão!
...............................................
Mais dinheiro. Na Paraíba e no Ceará governantes resolveram abrir os cofres para investir em publicidade no futebol. Entre os paraibanos a iniciativa foi do governador que liberou R$ 500 mil para os representantes do Estado no Campeonato Brasileiro. Em território cearense foi a prefeitura de Juazeiro do Norte que investirá R$ 300 mil no representante da cidade, também no certame nacional. Se existe verba para publicidade, não tem nada de ilegal na história, porém aqui no Rio Grande do Norte, até coleguinhas da mídia esportiva, que sobrevivem do ofício, se posicionam contra essa possibilidade. A prefeitura ou o governo do Estado não estão dando dinheiro graciosamente, estão investindo em publicidade. O Potiguar, por exemplo, vai jogar no Ceará, poderia levar estampada em sua camisa a publicidade do Mossoró Cidade Junina. Divulgação forte.
...............................................
Quem quer? Diferente do Palmeiras, que vai perdoando as presepadas do jogador Felipe Melo, a diretoria do Botafogo-RJ mais uma vez perdeu a paciência com o atacante Sassá. O jogador voltou a criar problemas e a missão agora é tirá-lo do elenco, e não apenas se contentar com uma simples multa. Então, quem desejar um bom jogador no elenco, e muita confusão junta, é só se habilitar. É uma pena, um rapaz com tanto talento não pense melhor, ou pelo menos pense, em sua carreira.
...............................................
Ele no foco. Mais uma vez o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira volta às manchetes envolto a novas acusações de desvio de dinheiro no período em que comandou a entidade. A nova acusação é de que, em amistoso na fase de preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo na França, um amistoso na desconhecida Andorra teria servido para Ricardo Teixeira e o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell lavarem dinheiro sujo, aquele que não é declarado para evitar o recolhimento de impostos. Tem cabimento uma coisa dessas, até a seleção do Brasil foi usada. Assim como vem acontecendo na política e na iniciativa privada, o futebol brasileiro precisa subir um lava jato urgente.
...............................................
Assim é burrice. Sempre que entro em um debate ou simples roda de discussão sobre o futebol de Mossoró, levanto a bandeira em defesa daqueles corajosos que assumem a postura de dirigentes de Potiguar e Baraúnas. Porém, minha compreensão tem limites. Essa de continuar acreditando e embarcando na história de aventureiros apresentados como empresários do futebol, trazendo na mala uma carrada de jogadores, já e burrice. Desde a primeira tentativa, e as que sucederam, só aconteceram batidas com a cara na parede, nunca vingou tal proposta. Não estou dizendo que esse trabalho é inexistente, porém aqueles oferecidos a Potiguar e Baraúnas nunca refletiram em qualidade no campo. É nesse ponto que eu discordo e digo, insistir no erro é burrice, são empresários de jogadores meia-boca ou, boca nenhuma.
...............................................
Boa notícia. Acredite quem quiser, mas a notícia é boa. O administrador do estádio Nogueirão, ex-goleiro Miranda, garante que falta pouco para definir a data de reabertura do estádio. Hoje, segundo o administrador, o impasse estaria apenas no número para a reabertura, ou seja, a proposta da Liga Desportiva Mossoroense é de reabrir o estádio para 6 mil pessoas e o Corpo de Bombeiros estaria ficando pé em 5 mil e 100. Aguardemos para que tudo se confirme e, quando voltar a ter o mando de campo no Campeonato Brasileiro o Potiguar possa jogar em Mossoró, diante do seu torcedor. Agora, que saia logo a decisão para evitar o desencontro de informações da estreia em Assu se seria ou não com portões fechados. Acabou com portões abertos e um público de apenas 98 pagantes.
...............................................
Luxemburgo na área. Como acontece na maioria das vezes, a diretoria sempre culpa o treinador. Ao perder a disputa da Copa do Nordeste para o Bahia na noite da quarta-feira, a direção do Sport Club do Recife não esperou sequer amanhecer o dia. Em plena madrugada dispensou o treinador Ney Franco. Com o cargo vazio, surgiram as especulações. A mais forte gira em torno do experiente Vanderlei Luxemburgo que poderá trabalhar no futebol pernambucano. O próprio Luxa confirmou haver mantido contato com um representante do Sport e uma reunião havia sido marcada. É possível que tudo já se defina nas próximas horas. O presidente do Sport, Arnaldo Barros, disse que tem outros nomes na relação para conversar.
...............................................
"QUANDO FALA O AMOR, A VOZ DE TODOS OS DEUSES DEIXA O CÉU EMBRIAGADO DE HARMONIA". – William Shakespeare.

 

...............................................

 

 

Comentários   

 
0 #2 João paulo 09-10-2013 22:25
Obrigado pela lembrança,grand e Sergio o vozão chegou pra subir.
Citar
 
 
0 #1 João paulo 09-10-2013 22:22
Grande Sergio Oliveira, o vozão chegou e não perde em casa, obrigado pela lembrança.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

   

Publicidade